Funasa aguarda prontuário sobre morte de bebê indígena

O coordenador regional da Fundação Nacional de Saúde em Mato Grosso do Sul, Flávio Britto, disse neste sábado que lamenta a perda de mais uma criança indígena. Ele esclareceu que a coordenação técnica sediada em Dourados, sob a responsabilidade do médico Zelik Trajber, ainda não havia recebido até o início da noite, o prontuário médico do bebê de dois anos e 11 meses que morreu ontem no Hospital Universitário.

Júnior da Silva pesava 12 quilos e estava sendo acompanhado pelas equipes multidisciplinares de saúde da Funasa que atendem a aldeia Jaguapiru, onde o indígena morava. Há oito dias a criança foi encaminhada pela Funasa ao HU de Dourados, onde faleceu de hemorragia digestiva.

Informações repassadas pelo hospital à Funasa dão conta de que a segunda causa associada à morte da criança foi desidratação, seguida de infecção. A desnutrição foi apontada como quarto item apresentado no diagnóstico geral que levaram o menino a óbito.

(Com informações da assessoria da Funasa)

Alessandro Perin

Fonte: http://www.campogrande.news.com.br

campo-grande-news.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s