PF prepara ação em área indígena Raposa/Serra do Sol, em Roraima

Brasília. A ação de desocupação da área indígena Raposa/Serra do Sol, em Roraima, vai durar pelo menos 130 dias e ocupar cerca de 400 homens, segundo planejamento estratégico elaborado pela Polícia Federal, por ordem da Presidência.

Desde julho o presidente Luiz Inácio Lula da Silva cobra o cumprimento efetivo do decreto, assinado por ele em 2005, que determina a demarcação da área em terras que somam 1,7 milhão de hectares e a retirada de toda a população não-indígena. Na região, vivem cerca de 15 mil índios das etnias Macuxi, Wapixana, Ingarikó, Taurepang e Patamona.

A demora tem razões políticas e burocráticas. No primeiro caso, o Exército não quer fornecer apoio logístico. A Força entenderia que esvaziar totalmente a área e entregá-la de uma vez aos povos indígenas é deixá-la vulnerável e propícia a eventual disposição do presidente venezuelano Hugo Chávez de ocupá-la.

A resistência foi aparentemente contida na última semana, quando Lula se reuniu com os ministros Nelson Jobim (Defesa) e Tarso Genro (Justiça). Ficou acertado que o Ministério da Justiça fará a lista de itens de apoio que necessita para que a PF faça seu trabalho -helicópteros, barracas, alimento e pessoal para manutenção de acampamentos.

O impasse burocrático surgiu da discussão sobre a necessidade ou não de ter um mandado judicial para a PF retirar os não indígenas. Em parecer, a Advocacia Geral da União afirmou que o decreto dispensa qualquer outra exigência.A decisão será cumprida mesmo sem o apoio do Exército.

Fonte: Diário do Nordeste
http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=484681 
diario-do-nordeste.jpg

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s