Ottomar critica retirada de “não- índios” de reserva Raposa Serra do Sol

O governo brasileiro está agindo “na contramão” da tendência internacional de povoar as áreas de fronteira, disse nesta quarta-feira (21) o governador de Roraima, Ottomar Pinto. Em audiência pública promovida pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), ele condenou a forma pela qual estão sendo retirados os “não-índios” da área da reserva indígena Raposa Serra do Sol, junto às fronteiras com a Venezuela e a Guiana.

– O grande prejudicado por essa política não é apenas o povo de Roraima, mas também o povo brasileiro. Aquela está se tornando uma terra de ninguém, onde até para se hastear uma Bandeira Nacional já houve problema, porque o tuxaua local não queria permitir – afirmou Ottomar, que esteve à frente de uma delegação de deputados estaduais de Roraima.

A audiência foi promovida a pedido do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), que presidiu a reunião. Em seu requerimento, o senador demonstrou preocupação com a realização de uma operação especial da Polícia Federal, intitulada Upakaton 3, destinada a retirar a população de não-índios que ainda se encontra na área da reserva. Assim como o governador, ele recordou que muitos residentes – inclusive plantadores de arroz provenientes do Rio Grande do Sul – encontram-se no local há muito tempo.

O senador Augusto Botelho (PT-RR) disse esperar que se alcance um acordo com os produtores de arroz, para que não morram pessoas no estado por causa de problemas de terras. O senador recordou ainda que muitas organizações não-governamentais (ONGs) pressionaram o governo para ampliar a área demarcada da reserva. Na sua opinião, está em jogo o “grande potencial mineral” de seu estado.

– Estão guardando reservas minerais para serem exploradas pelos países ricos – disse Augusto Botelho.

Também presente ao debate, o senador Mão Santa (PMDB-PI) ressaltou as “perspectivas invejáveis” de Roraima e elogiou a iniciativa de Mozarildo de promover a audiência pública. Por sua vez, o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) disse esperar que o governo adote todas as medidas necessárias para se evitar um “derramamento de sangue” no estado, por causa da ação de retirada da população não-índia do local da reserva.

A busca de uma solução negociada também foi defendida pelo senador Eduardo Suplicy (PT-SP), para quem o presidente Luiz Inácio Lula da Silva levou em conta “fortes apelos” em favor da demarcação da reserva.

Segundo o governador de Roraima, 47% da área do estado é de reservas indígenas e 23% refere-se a unidades de conservação ambiental. Ottomar disse ter informações de que as reservas minerais de Roraima seriam superiores às reservas da província de Carajás, no Pará.

Marcos Magalhães / Agência Senado
Fonte: Agência Senado

 

Anúncios

  1. Fábio

    Ele está certo. O Brasil perderá parte do território riquíssimo em reservas minerais estratégicas, caso os rizicultores sejam retirados antes que haja início das explorações dos minérios.

  2. MAXELL REIDELL

    PURA VERGONHA,

    ¨UM POVO QUE NÃO CONHEÇE SEU PASSADO NÃO TEM FUTURO¨

    Muito se tem falado da questão das fronteiras com nossos vizinhos,no entanto ainda não se fala da imensa reserva de NIÓBIO(matéria prima para combustível dos ônibus espaciais, estratégico para nações que pretendem colonizar outros planetas),e que se encontra apenas em nosso território nacional,precisamente em RORAIMA,ÚNICO LOCAL NESTE IMENSO PLANETA TERRA ONDE HÁ PRESENÇA DO MESMO.Sem comentar do OURO e PEDRAS PRECIOSAS de alta qualidade e que nós Brasileiros somos impedidos de circular nesta parte do território nacional como tambem de não pudermos hastear nosso pavilhão,mais as bandeiras de outra nações podem,inclusive há uma horda de nerds de alguns países que circulam livremente pirateando nossa biodiversidade e levantando informações de campo sobre nossas reservas minerais estratégicas;Geólogos constataram que neste maciço rochoso e planaltino foi onde o planeta começou a milhares de anos atrás ainda quando a terra era uma imensa ilha,antes da separação dos continentes e por decorrente o núcleo da amálgama terrestre.

    Tambem não ouço falar que no inicio do século XX o patriota e diplomata Barão do Rio Branco ofertou ás tribos do entorno do extremo norte do Brasil a opção de serem Brasileiros ou Guianenses,tendo estes optado pela segunda opção,no entanto quando nos anos setenta estes mesmos migraram para o lado brasileiro com alegações de que para eles não existiam fronteiras nacionais(nesta época iniciávamos a trans-amazônica,o que causou desconforto do staff de nações beligerantes que tinham a amazônia como terra de ninguém.Contrariando seus objetivos futuros em detrimento de nossos OBJETIVOS NACIONAIS PERMANENTES e através destes mesmos índios foram plantadas ações psicológicas meticulosamente orquestradas por cidadãos alienígenas com o intento de fragilizar a unidade nacional brasileira.O problema não é de hoje há vários livros que abordam o tema e posso citar alguns:A farsa ianomâmi do Cel Mena Barreto, A máfia verde de Lourenço Carrasco e artigos do Cel Fregapani.

    Os militares;o governo e a sociedade organizada sabiamente e com espírito do dever público altruístico e patriótico aceleraram sua colonização,pois era preciso INTEGRAR PARA NÃO ENTREGAR.sabemos que desde 1965 é ré-publicado um livro que aborda sistematicamente este assunto intitulado ¨A AMAZÔNIA E A COBIÇA INTERNACIONAL¨, de Arthur César Ferreira Reis (este considerado a bíblia da resistência cívica em se tratando de assuntos relacionado com a amazônia brasileira),e que relata detalhadamente a conspiração para internacionaliza-la por parte de nações industrialmente mais desenvolvidas.COMO NOSSA MEMÓRIA É CURTA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!.PRECISAMOS VISITAR AS NOSSAS BIBLIOTECAS,LER E DESENVOLVER PENSAMENTO ESTRATÉGICO EM LARGA ESCALA OU NÃO TEREMOS EM POUCO TEMPO ESTE PAÍS QUE CONHECEMOS GEOGRAFICAMENTE HOJE COM BRASIL.

    O comandante da Amazônia está como mesmo disse a serviço do Estado Nação,acertadamente se posicionou e a história o absorverá no futuro por esta decisão funcional,de ofício e acima de tudo de consciência,pois nossa Pátria precisa sim! De muitos AUGUSTOS HELENOS;É neste momento contemporâneo que as nações em desenvolvimento aspiram seu lugar no contexto internacional de forma mais ativa e participativa e nós da GRANDE PÁTRIA BRASIL devemos apoiar e nos unir aos tantos outros que no presente e no passado deram sua cota de sacrifício para consolidar o que hoje conhecemos como nosso Brasil.Ao Governador de Roraima meus protestos de apoio incontinente e que DEUS nos oriente e oriente aos que fazem a formulação da política estratégica para não cometerem um crime irremediável a nossa nação brasileira,calcada na negligência e imprudência dos mesmos.¨SOMOS TODOS UM SÓ¨.

    BRASILEIROS ACORDEM!!!!,O QUE DIRIA TODOS OS NOSSOS ANCESTRAIS AO VER ESTE ASBSURDO QUE ESTÃO MAQUINANDO CONTRA NOSSA INTEGRIDADE TERRITORIAL,COMO FICARÁ OS FRUTOS DE TODO LEGADO DOS QUE NOS ANTECEDERAM E COMO NO FUTURO A HISTÓRIA NOS JULGARÁ.

    Por fim espero que o governo federal observe a constituição de nossa república,pois ações mediatas sem analisar os desdobramentos futuros da postura em tela,causam conseqüências irremediáveis e óbices de difícil reparação(geralmente só em conflitos bélicos é que se resolve no que os estrategistas definem como:A GUERRA É A DIPLOMACIA POR OUTROS MEIOS),o que não queremos;Contudo será por este meio que seremos forçados a agir para manter a sobrevivência do ESTADO NAÇÃO caso ações governamentais futuras não corrijam deturpações e interpretações nocivas ao interesse do povo e da nação Brasileira.Se já é delicado COOPERAR pela PAX SOCIAL,imagine COOPTAR.

    SOU CIVIL,ENTRETANTO SERVI COM ORGULHO ÁS FORÇAS ARMADAS.

    BRASIL ACIMA DE TUDO;TUDO PELA PÁTRIA;ASAS DE UM POVO SOBERANO

    MAXELL REIDELL-Brasileiro 100% de corpo e alma
    Médico,Advogado e Pesquisador

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s