GAVIÃO VOA E CORRE NOS JOGOS INDÍGENAS

A corrida de distância foi a última modalidade disputada no IX Jogos dos Povos Indígenas. A avenida externa ao Ginásio Geraldão recebeu cerca de sessenta indígenas para correrem 2950 metros na manhã ensolarada deste sábado. A corrida feminina foi a primeira a ser disputada, seguida pela masculina.
O vencedor da prova masculina, corredor João Prikini Gavião, demorou cerca de nove minutos para completar o percurso.

O atleta indígena conta que sempre treina corrida de tora na sua aldeia, e utiliza essa preparação como um reforço a mais para as corridas em distância.
A etnia Gavião também foi de onde saiu a vencedora da corrida feminina. Raiane Gavião completou a prova em pouco menos de 12 minutos. “A prova foi fácil, dava para correr mais”, disse a indígena.
Apesar do sol forte , Raiane Gavião optou por correr com os pés descalços e disse que o asfalto muito quente não a incomodou. “Na aldeia a gente corre no cascalho, estou acostumada com o chão quente”, enfatizou Raiane. Para ela, correr descalço é melhor porque dá para ficar mais à vontade.No fim da corrida, o povo gavião comemorou a dupla vitória com a dança Krô, ou dança do porco. Essa é a dança que simboliza a alegria na etnia Gavião. “É como um agradecimento à Deus pela Vitória”, ressaltou Raiane Gavião.

Fonte:Anna Virgínia Cunha / Tenõde Porá UCB News
http://tenodepora.spaces.live.com/

 

 

Tenõdé Porã UCB News

Universidade Católica de Brasília – Comunicação Social – NUCLAM

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s