Jovens indígenas de Tangará assistem palestra sobre drogas e álcool

Informar e orientar os jovens indígenas com relação aos riscos das drogas, do álcool e de outras substâncias químicas foi o objetivo da palestra realizada ontem na Funai de Tangará da Serra. A palestra ministrada pelo professor de Educação Física e soldado da Polícia Militar, Willian de Campos Martins, foi voltada exclusivamente para jovens e crianças indígenas da região do município.
De acordo com Martins, as palestras solicitadas pela Coordenação de Educação da Funai, tiveram início no ano passado, com a realização de um ciclo palestras nas aldeias da região. Ele diz, que dentre os diversos temas abordados, estão o perigo das drogas, álcool, cigarro, prostituição e também assuntos relacionados ao Meio Ambiente. “Como estão tendo altos índices de uso de álcool, drogas e prostituição. Estas palestras orientativas foram solicitadas pela coordenação de educação”, explica Martins afirmando ainda que isto deve-se ao fato de que os jovens indígenas atualmente tem um contato maior com a sociedade.
Conforme o professor, após um ano de atividades, o encerramento aconteceu ontem na Funai. “Depois de termos visitado as aldeias da região, como Rio Verde, Formoso, Myky e Nambikwara, levando conhecimento e orientação a estes jovens, finalizamos a primeira etapa dos trabalhos  com a palestra no município”, afirma Martins.
Porém, ele frisa, que no próximo ano, continuará com as atividades onde desta vez elas serão feitas através de uma dinâmica usando materiais.”Este ano trabalhamos somente como forma orientativa. Mas no ano que vem os alunos poderão aprofundar seu aprendizado com atividades práticas”, fala o professor.
A chefe de sessão da Educação da Funai de Tangará da Serra, Ivanilde Bezerra Nascimento, afirma que dentro da entidade existe uma ação de atendimento à jovens da fundação indígena, onde são realizadas palestras educativas, abordando vários assuntos. “É muito importante que estas crianças e jovens conheçam os perigos e as conseqüências destas substâncias”, comenta. Ivanilde completa ainda que cerca de 50 estudantes indígena participaram da palestra.

Fonte:Lucélia Andrade – Diário da Serra
http://www.diariodaserra.inf.br

Anúncios

Um Comentário

  1. Dorgival Cunha

    fiquei muito feliz com esse trabalho não parem de promover ações como estas. Aproveito a oportunidade pa dizer que estou montando uma palestra para garotos carentes entre 10 e 18 anos de idade e preciso de material, subsidio para fazer um bom trabalho, se puder me mandar algumas dinamicas vou agradecer muito, que deus os abençoi.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s