Produção de frutas aumenta nas comunidades indígenas de Roraima

Produção de frutas aumenta nas comunidades indígenas de Roraima
03 de janeiro de 2008.

BOA VISTA – Os agricultores da comunidade indígena Ilha, em Roraima, vão colher até o final deste mês a primeira safra de maracujá, plantada em consórcio com a cultura de melancia. A colheita faz parte do projeto piloto Fruticultura, criado pela Prefeitura de Boa Vista para incentivar a geração de renda nas comunidades indígenas. A perspectiva é que duas toneladas da fruta sejam colhidas.

Além da Ilha, a comunidade Vista Alegre também faz parte do projeto Fruticultura, com o plantio consorciado de melancia, maracujá e mamão. A meta é atender até o final de 2008, às 15 comunidades indígenas do município.

Em 2007, os produtores deste local colheram 100 sacas de maracujá e 38 caixas de mamão. As frutas foram comercializadas nos mercados e feiras de Boa Vista, além de serem consumidas na própria comunidade. Até o final de março, está prevista mais uma colheita de maracujá na Vista Alegre.

Renda prolongada

Segundo Eliander Trajano, gestor de Assuntos Indígenas do Município. as culturas foram escolhidas por serem semiperenes, isso quer dizer que elas produzem durante três anos sem parar, ajudando os agricultores a terem renda por um longo período.

– A intenção da Prefeitura com o projeto Fruticultura, é diversificar a produção de frutas nas comunidades, garantindo que outras fatias do mercado de frutas sejam alcançadas pelos agricultores indígenas – afirmou Eliander.

RC

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s