Comunidade indígena participa da CNMA

Comunidade indígena participa da CNMA

A III Conferência Nacional do Meio Ambiente, que será realizada em maio de 2008, reservou 5% do número de delegados para as comunidades indígenas. Uma das reuniões preparatórias do segmento é a Conferência Regional do Alto Rio Negro, que acontecerá nos dias 18 e 19 de fevereiro, em São Gabriel da Cachoeira, município a 858 quilômetros de Manaus (AM). O evento também contará com a participação das populações de Barcelos e Santa Isabel do Rio Negro.

Na região do Alto Rio Negro existem aproximadamente 750 aldeias, onde habitam mais de 30 mil índios pertencentes a 22 grupos étnicos diferentes, numa área de 108 mil quilômetros quadrados no noroeste amazônico brasileiro.

A gestão ambiental e territorial das terras indígenas e a contribuição desses povos na conservação do meio ambiente são alguns dos principais temas do encontro regional. O tema da III CNMA, Aquecimento Global, também está no topo da lista das preocupações das comunidades indígenas, bem como a redução no desmatamento. Os dois assunto serão debatidos pelas comunidades.

As terras indígenas são consideradas como componente fundamental para uma estratégia nacional de conservação e uso sustentável da biodiversidade, seja pela variedade ou singularidade dos ecossistemas que abrigam ou pela situação de relativa preservação dos seus recursos naturais. Elas representam 12% da extensão total do território nacional e 21% da extensão total da Amazônia Legal brasileira.

O Secretário de Meio Ambiente de São Gabriel da Cachoeira, Célio de Carvalho, lembra que outro tema em destaque no evento será o ecoturismo. A região possui atrativos famosos, como o Pico da Neblina, o ponto mais alto do Brasil, com 3.014 m de altitude. Além disso, a cidade é emoldurada pela Floresta Amazônica com suas serras imponentes – como a da Bela Adormecida -, as grandes corredeiras do Rio Negro, as belas praias fluviais de areias brancas, cachoeiras, corredeiras e morros.

A organização da Conferência está sendo articulada pela Federação das Organizações Indígenas do Alto Rio Negro (Foirn), Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São Gabriel da Cachoeira, Instituto Socioambiental (Isa), Ibama, Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS), Fundação Estadual de Política Indígena (Fepi) e Escola Agrotécnica Federal. (MMA)

Fonte: http://www.ambientebrasil.com.br

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s