Índios na universidade também é Responsabilidade Social

Índios na universidade também é Responsabilidade Social

A PUC/SP – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo é uma instituição comunitária que organiza para formar quadros de alto nível, comprometidos profissional e eticamente com a busca de soluções para os problemas enfrentados pela sociedade brasileira na perspectiva de seu compromisso maior: busca de uma sociedade ecologicamente sustentável, diversificada, justa, fraterna e solidária.
O projeto Pindorama o qual foi firmado em 2001, propõe que a PUC/SP concretize seu caráter de ponte ao assumir o compromisso de diminuir o fosso existente entre as populações indígenas e o acesso aos bens sociais e à participação mais digna e ativa nos rumos da própria vida e da vida do pais.
O potencial dos indígenas foi colocado em questão, até mesmo pela Universidade, que previa o acesso de pelo menos de 5 (cinco) a 10 (dez) indígenas na instituição. Mesmo assim deixou aberto para a inclusão de todos que passarem pelo seu processo seletivo.
Ninguém esperava mais o fato inédito aconteceu, de 26 que prestaram o vestibular 24 conseguiram passar no processo seletivo em diversas áreas como: administração, engenharia elétrica, pedagogia, serviço social, letras, turismo, tecnologia e mídia etc.
Neste ano de 2008 mais 12 (doze) entraram na universidade passando pelo processo seletivo, ou seja mais uma vez o povo indígena mostra seu rosto para a sociedade dizendo, eu posso, eu quero, sou igual, eu sou diferente, sou cidadão, sou brasileiro, sou guerreiro, ainda sou gente!
Mais uma vez, o Projeto Pindorama vem destacando os estudantes indígenas que estão estudando e ingressando cada vez mais na universidade.
Do dia 01/10/2007 à 10/11/2007 foram convocados todos os indígenas interessados em fazer o vestibular da PUC/SP, tiveram que apresentarem todos os documentos necessários para participar do processo de inclusão.
No dia 27/10/2007 foi organizado uma outra reunião para apresentação do Projeto Pindorama aos candidatos ao vestibular, pois antes de qualquer coisa o Pindorama tem também suas exigências.
Como o esperado o nosso povo mostra que a Universidade é para todos, basta apenas uma iniciativa para a inclusão, com trabalhos sociais e não benemerências como o governo está acostumado a fazer, para iludir os cidadãos de bem.
A comunidade indígena fica feliz em saber que entrarão mais 12 (doze) indígenas de 5 (Etnias), são elas 04 Pankararu, 04 Pankararé, 02 Xukuru, 01 Fulni-ô, 01 Guarani-Nhandeva.

Alunos da PUC/SP formandos em 2005 pelo Projeto Pindorama
“Com a borracha da negligencia e da corrupção, apagam do papel nossos direitos constitucionais. Mais, com o lápis da sabedoria e da esperança escrevemos nossa história cada vez mais forte, com a cultura, crença, dignidade e tradição. Isso, pode ter certeza que nunca apagarão!”
Fonte: Edcarlos Pereira do Nascimento – Pankararú
E-mail: edpankararu@yahoo.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s