Cacique Akanawan Pataxó Hã-hã-hãe visita o Parque do Xingu, e participa da festa em comemoração a fartura da caça e a pesca

 

Nos dias 16 e 17 de março de 2008 o cacique da tribo Pataxó Hã hã hãe Akanawan Pataxó (Arainha) e sócio da THYDEWAS esteve em visita ao Parque do Xingu juntamente com o Presidente da ONG Sebastian Gerlic.
onde se fez presentes outras autoridades da Embaixada do Canadá no Brasil, uma índia do Canadá, e representantes do MINC. Visitar o Parque do Xingu é uma oportunidade única para qualquer índio que mora no nordeste, pois ao sobrevoar o Parque você já se sente contemplado pela natureza. Quando coloquei meus pés em solo senti uma energia muito positiva em contato com a natureza, muitas árvores e um rio que parece não ter fim, é uma experiência inigualável, é você está em contato diretamente com tudo aquilo que um dia existiu em nossas terras e que hoje só existe na memória de poucos anciões que está vivo em nosso povo.


O povo xinguano estava em festa comemorando a fartura sobre a caça e a pesca, os índios, xinguanos nos receberam muito bem, todos com a mesma energia e espírito festivo, ao descermos do avião fomos levados para o centro de uma mata, onde presenciamos todo o preparo para o ritual de agradecimento pela caça e pelo peixe, depois fomos para a casa do cacique onde fica um terreiro muito grande podemos assistir de perto uma festa muito linda, enfim o Parque do Xingu é um lugar onde percebemos que a natureza é quase intocável.
Na oportunidade desse encontro tivemos uma reunião com vários jovens indígenas: Macuxi, Walapity, Xavante, Kuikuro, Ikpeng, Humkui, Truká e Guarani, enfim muitos povos. Falei da relevância da Internet nas aldeias Indígenas e sobre a experiência vivida pelos povos do nordeste com o Projeto Índios On Line que muito tem nos ajudado a nos comunicar com outros povos Indígenas do Brasil, sobre a campanha Índio Quer Paz que fizemos nas cidades de: Itaju da Colônia, Camacan e Pau Brasil e seus efeitos positivos para a comunidade Pataxó Hã Hã Hãe, outros índios fizeram seus relatos sobre as dificuldades em suas aldeias por não ter a Conexão de Internet que a FUNASA assinou com o governo federal e até hoje não chegou em muitas aldeias do Brasil. O doutor Célio representante do Ministério da Cultura disse que ainda esse ano terá verba destinada aos pedidos dos novos Pontos de Cultura.
Deixo meus agradecimentos ao povo do Parque do Xingu e em especial o chefe de posto o índio Kumaré Txicão (Ikpeng), também meus agradecimentos ao Secretario de Programas e Projetos Culturais, Célio Turino, Mari Correa e Vicent Carelli, Diretores do Vídeo nas Aldeias, Elisabeth Rosemary Silva, Assessora Técnica Gerencia de Cooperação e Assuntos Bilaterais Diretora de Relações Internacionais do MinC, Anne Marie Spain, representante da embaixada do Canadá no Brasil, Manon Barbeau, Cineasta, Roteirista e Romancista, Evelyne Papatie, indígena algonquina, situada em Abitibi, na província de Quebec no Canadá e Leandro Saraiva Gerente de Conteúdos Colaborativos da TV Brasil no Rio de Janeiro.
Fonte: Índios On Line
http://www.indiosonline.org.br

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s