Governo oferece curso técnico de nível superior aos índios

O governo Federal, em parceria com o governo Estadual, vai oferecer curso superior – nível tecnológico, de agroecologica em terras indígenas para índios que vivem nas aldeias da Bacia do Alto Paraguai. A graduação é destinada somente para pessoas pertencentes as etnias: terena e kadwéu. No Brasil, esta é a primeira vez que, um curso superior, na área técnica é voltado à população indígena.
Os recursos somam investimentos superiores a R$ 2 milhões. A contrapartida do Estado é disponibilizar recursos humanos e apoio técnico. Com previsão para começar em maio, o curso terá duração de 2 anos e meio e tem como principal objetivo a promoção da sustentabilidade a partir da realidade local.
A Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) será a instituição executora do curso. São 40 vagas para índios que devem estudar em regime de alternância – 15 dias na universidade e 15 dias nas aldeias. “A idéia é oferecer um curso de período integral com experiência prática nas aldeias,” afirma Tércio Fehlauer, engenheiro agrônomo, mestre em agroecossitemas, da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer).
O engenheiro diz ainda que, a experiência de desenvolver pesquisa e assistência técnica nas comunidades indígenas, vai dar suporte para adaptação extensiva a outras etnias do Estado. Segundo ele, o que se pretende é trabalhar a dinâmica de produção social e ecológica indígena para
beneficiar os povos tradicionais.

Fonte: Aquidauana News
http://www.aquidauananews.com

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s