Colômbia: dois mortos na marcha indígena

Protestantes dizem que a polícia disparou; autoridades negam acusações

Duas pessoas morreram, esta terça-feira, durante a marcha de pelo menos oito mil indígenas em direcção à cidade de Cali, na Colômbia, refere aEFE.

Os protestantes acusam a polícia do governo, que está a «acompanhar» a marcha, de ter disparado, mas as autoridades já negaram e garantem que foram os próprios protestantes a atacar as vítimas com explosivos caseiros.

O presidente colombiano, Álvaro Uribe, também já negou que a polícia tenha usado qualquer meio para atacar os manifestantes, mas, segundo as autoridades médicas locais, já foram assistidos vários indígenas com balas e estilhaços.

Esta marcha pretende ser uma manifestação mais pacífica pela exigência de mais terras para os nativos, depois do corte da estrada pan-americana que provocou pelo menos dois mortos.

O representante do Conselho Regional Indígena do Cauca já havia confessado a sua «preocupação» com o facto de a polícia acompanhar a marcha. Segundo Feliciano Valencia, o objectivo desta manifestação é falar, em Cali, com o presidente e, se ele não comparecer, os indígenas seguirão até Bogotá para fazer um debate «frente a frente

Fonte:http://diario.iol.pt

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s